Karim Rashid

17 12 2009

“Today poetic design is based on a plethora of complex criteria: human experience, social behaviors, global, economic and political issues, physical and mental interaction, form, vision, and a rigorous understanding and desire for contemporary culture. Manufacturing is based on another collective group of criteria: capital investment, market share, production ease, dissemination, growth, distribution, maintenance, service, performance, quality, ecological issues and sustainability. The combination of these factors shape our objects, inform our forms, our physical space, visual culture and our contemporary human experience. These quantitative constructs shape business, identity, brand and value. This is the business of beauty. Every business should be completely concerned with beauty – it is after all a collective human need.

I believe that we could be living in an entirely different world – one that is full of real contemporary inspiring objects, spaces, places, worlds, spirits and experiences. Design has been the cultural shaper of our world from the start. We have designed systems, cities, and commodities. We have addressed the world’s problems. Now design is not about solving problems, but about a rigorous beautification of our built environments. Design is about the betterment of our lives poetically, aesthetically, experientially, sensorially, and emotionally. My real desire is to see people live in the modus of our time, to participate in the contemporary world, and to release themselves from nostalgia, antiquated traditions, old rituals, kitsch and the meaningless. We should be conscious and attune with this world in this moment. If human nature is to live in the past – to change the world is to change human nature.”

Karim Rashid

 

 





Quotes

15 12 2009

“Math is easy; design is hard.”

Jeffrey Veen





Jonathan Ive

11 12 2009

“Um objecto existe no encontro entre a tecnologia e as pessoas. Como designers, não só influenciamos a natureza desse encontro, como ao criarmos algo físico dispomos de um meio poderoso e imediato de comunicar a identidade e o significado de um objecto. A nossa verdadeira missão não é a de descrever círculos concêntricos em torno de projectos lógicos anónimos mas, no entanto, poderosos, mas sim a de entender e tornar a capacidade tecnológica relevente. Procurar abordagens totalmente novas para o fabrico e configuração dos produtos exige fundamentalmente o desenvolvimento de novos materiais e processos. As soluções significativas tendem a emergir quando as tecnologias de produção são exploradas para melhores fins; a criação de objectos que prestem homenagem ao homem e aos imperativos funcionais de fabrico.”

Jonathan Ive

www.apple.com





Dieter Rams

11 12 2009

“Os bons designers têm sempre de se manter na vanguarda, sempre um passo à frente dos tempos. Devem e têm de questionar tudo o que é óbvio. Têm de ter intuição para a mudança de atitude das pessoas. Para a realidade em que vivem, para os seus sonhos, desejos, preocupações, necessidades, hábitos de vida. Também têm de ser capazes de identificar de forma realista as oportunidades e os limites da tecnologia.”   

Dieter Rams

10 princípios do bom design:
 O bom design é inovador.
 O bom design faz um produto ser útil.
O bom design é estético.
 O bom design nos ajuda a entender um produto.
 O bom design é discreto.
 O bom design é honesto.
 O bom design é durável.
 O bom design é resultado de cada detalhe.
 O bom design é preocupado com o meio ambiente.
 O bom design é tão pouco design quanto possível.




Quotes

2 12 2009

“Design is a plan for arranging elements in such a way as best to accomplish a particular purpose”

Charles Eames





Quotes

2 12 2009

“Design is not about decorating functional forms – it is about creating forms that accord with the character of the object and that show new technologies to advantage.” 

Peter Behrens





Quotes

22 11 2009





Thonet Chair

19 11 2009

 

Michael Thonet fez experiençias com madeira laminada e obteve a patente do novo processo de arquear a madeira. Na sua empresa em Viena empenhou-se em arquear madeira sólida através do vapor e na sua produção em série. Surge deste processo a cadeira Nº 14, o modelo mais conhecido da sua firma. É uma das primeiras cadeiras a serem produzidas em série e em 1857/59 responde a uma encomenda para um café em Viena.

Thonet participa na Exposição Mundial de Londres em 1851, onde recebe uma medalha de ouro, e na exposição de Mundial de Paris de 1925, onde também exibe este modelo, no pavilhão “L’ésprit Nouveau” de Le Corbusier. O sucesso da firma deve-se sobretudo á adesão dos processos de fabrico em série e o modelo nº 14 torna-se num símbolo do design moderno, demonstrando, na época, que a máquina podia contribuir com sucesso para a produção dos objectos do dia-a-dia.

No ínicio do século, Josef Hoffman desenhava cadeiras de estilo Secessionista para a sua empresa e mais tarde, Marcel Breuer, Ludwig Mies van der Rohe e Le Corbusier, entre outros artista modernos, desenharam cadeiras com a mesma filosofia de construção em metal tubular.

Este modelo é um bom exemplo de simplificação. Nesta época as cadeiras eram feitas com muitas peças e geralmente eram muito trabalhadas, o que exigia muita mão-de-obra e muito material, ficando consequentemente muito caras.  Com este modelo Thonet foi muito inovador para época. Para conseguir dobrar a madeira impregnava-a de vapor, ficando esta mais flexível. Depois era colocada num molde, conservando a sua forma quando completamente seca. Construiu-a com 6 peças de madeira unidas com 6 parafusos. O assento era geralmente em palhinha.

Conseguiu assim um objecto funcional, ergonómico, para ser reproduzido em série, leve, barato e elegante. A sua beleza deve-se simplesmente ao método de fabricação. Ainda hoje continua a ser produzido este modelo.

Thonet prova que da correcta utilização das técnicas e dos materiais se pode atingir a beleza, sem ser necessário o recurso á arte aplicada.

 

THONET –  http://www.thonet.com/index2.htm





Drinklip

18 11 2009

 

Drinklip by Been Kim – http://beeeen.com/DrinKlip/

Sem dúvida uma ideia extremamente funcional e inteligente 🙂 especialmente para os mais desastrados!





Tukaani Chopsticks

17 11 2009

Producto: Pauzinhos Tukaani

Design de: Lincoln Kayiwa – http://www.kayiwa.fi/english/home/

Um design muito eficaz, simples e inteligente. Uma forma bastaste diferente de comer comida chinesa ou japonesa. Muito mais práctico sem dúvida  🙂





Quotes

14 11 2009

designquotes1





Love Packaging

11 11 2009

quick-fruit-02pentawards-audiovox-02ramm8yummy-01pentawards-soso

popcorn-02

http://www.packagingoftheworld.com/ – Aqui fica uma sugestão de um site de packaging que adorei. Tem trabalhos espectaculares do mundo das embalagens.





Sebastian Brajkovic

10 11 2009
DSC_6472

Colecção de cadeiras Lathe

sebastian-brajkovic-at-carpenters-workshop-gallery-brajkovic-lathe-i-view

Colecção de cadeiras Lathe

sebastian-brajkovic_lathe-viii3

Colecção de cadeiras Lathe

sebastian-brajkovic-at-carpenters-workshop-gallery-4-brajkovic-lathe-iii-v

Colecção de cadeiras Lathe

‘They are called ‘Lathe’ because of the apparent rotating effect of the design. In fact the word Lathe comes from the Latin word used to convey the idea of milk being stirred. My very first thought with making this design was actually a practical one. I wanted to create more space on a singular chair by “extruding” the seat’s surface area. This extruding idea came from a Photoshop function where you can pick a row of pixels and extend them as long as you want. This modern computer method aided me to devise new ways of sketching as a contradictory partner in my design process. In this paradoxical sense, using antique forms was the next logical step.’                                           

 Sebastian Brajkovic

Com um toque de surrealismo, Sebastian Brajkovic projecta mobiliário comtemporaneo com formas antigas, fazendo a ponte entre o passado e o futuro. Através da utilização de programas informáticos como o photoshop cria estas formas esticadas e deformadas que dão vida ás suas peças. Um trabalho impressionante.

 





Quotes

9 11 2009

designquotes1





BMW GINA

6 11 2009

É impressionante até onde o design aliado a novos materiais e tecnologias nos pode levar.

Este é sem dúvida o conceito mais inovador e criativo no mundo automóvel.  Imagine carros que se podem moldar ás necessidades do usuário? Incrível.